• Ricardo Henrique Decarli

Companhia aérea é condenada a pagar indenização à passageira


A companhia aérea Passaredo foi condenada a pagar a quantia de R$ 7.000 à passageira que foi impedida de se hospedar em hotel após cancelamento do seu voo.


De acordo com o caso, a passageira embarcou num voo de São Paulo/SP para Dourados/MS. No entanto, quando a aeronave chegou ao destino, foi forçada a retornar à São Paulo em razão das condições climáticas adversas.


Além disso, após o desembarque em São Paulo, enquanto a passageira aguardava o próximo voo, foi impedida de se hospedar em um dos hotéis fornecidos pela cia. aérea.


Segundo a sentença, em função do tempo de espera de mais de 5 horas entre o desembarque e o próximo voo, deveria a cia. aérea ter prestado assistência material (hospedagem e alimentação), segundo resoluções da ANAC, o que não ocorreu.


A sentença na integra pode ser vista no processo n° 1020344-26.2016.8.26.0001

Entre em contato

Dúvidas? Venha tomar um café conosco

Contate-me através do telefone, do e-mail ou encaminhe uma mensagem preenchendo o formulário abaixo. Será um prazer atendê-lo!

  • Google Places - Círculo preto
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
WhatsApp Ricardo Decarli

RHD

Atuação
Atendimento

 

De segunda a sexta-feira

Das 9h às 18h

*Apenas com horário agendado

2016-2020 Ricardo Henrique Decarli Sociedade Unipessoal de Advocacia. Todos os direitos reservados. 
WhatsApp Ricardo Decarli